30 de ago de 2015

Não, eu não sou corajosa.

Quem olha de fora provavelmente não percebe, é eu disfarço bem. Muitas coisas aliás, não que eu minta ou finja ser outra pessoa, apenas deixo camuflado muitas partes de mim e só as compartilho depois de muito tempo, e apenas com quem eu sinta plena confiança.
Tenho muitos colegas, mas pouquíssimos eu considero amigos. Eu sempre vou precisar que alguém tome a iniciativa, por que eu sempre vou ser a garota tímida, uma parte de mim sempre vai sentir aquele sentimento de estar incomodando.








































Gosto de sair, mas confesso inventar milhões de desculpas para ficar em casa e ler um bom livro. Gosto de estar sozinha mas não de me sentir só e quando esse sentimento de solidão me consome a música se torna o meu refúgio.

Já me acostumei que as pessoas não querem muito saber o que está realmente se passando com a gente, elas querem ser entendidas mas elas não sabem nos entender. Eu prefiro acreditar que esconder o que eu sinto é mais fácil, não culpo ninguém pelos meus traumas e minhas feridas afinal sei que já as abri mesmo que sem querer várias vezes em alguém, porem para alguém como eu que já é difícil o bastante demonstrar todo sentimento que tenho camuflado dentro de mim, quando penso que já o mostrei para tantos que não valorizaram bate um medo. Pode parecer uma frase bem clichê mas amar e não ser correspondido é bem difícil.

Eu sou um poço de sentimentos escondidos, eu sou a insegurança escondida atrás de um sorriso de mulher que vive demonstrando total segurança aonde só existe incertezas.

- Timidez:

"Quem é tímido tem como principal preocupação aquilo que os outros poderão pensar a respeito daquilo que ele diz, faz ou sente."



Aproveitando o texto que eu escrevi ali em cima resolvi entrar em um assunto que eu enfrento até hoje, a timidez. Para quem é tímido assim como eu existem situações muito difíceis de encarar, eu por exemplo demorei anos para ter a coragem de criar um blog, e até hoje fico um pouco preocupada em relação o que as pessoas vão achar do que eu escrevo aqui. Eu já fui tão tímida ao ponto de não querer sair de casa, não querer me socializar com ninguém, hoje eu já consegui muitos avanços em relação a isso, conforme vamos crescendo também pelo menos eu fui perdendo um pouco aquela timidez exagerada, não posso dizer que ainda não sou tímida sou e muito porem aprendi que existem formas de melhorar isso. Sim, ajuda bastante treinar em frente ao espelho o que vamos falar quando temos que apresentar um trabalho em frente a sala toda, ou quando vamos a uma entrevista de emprego.
O maior problema de nos tímidos é a insegurança em relação a nos, algo que me ajudou muito foi reparar que cada um é especial para alguém, para os amigos e a família do jeito que é e que sempre vão ter aqueles que não vão gostar de nos e pronto.
Também a ajuda de um profissional como o psicólogo pode ajudar e muito. Não da para perder a timidez, mas da para avançar e quebrar barreiras, ainda hoje para mim algumas coisas são muito difíceis de enfrentar mas eu costumo arregaçar as mangas e partir pra cima, por que não tem sentimento pior do que não dizer algo que você quer muito por medo.
Agora se você não tem esse problema, a única coisa que lhe peço é em hipótese alguma confundo uma pessoa tímida com alguém anti-social. Nos temos certas dificuldades em falarmos o que sentimos, em olharmos nos olhos das pessoas, geralmente quando ficamos nervosos travamos e ficamos com muita dificuldade para falar. Se você tem um amigo tímido tenha paciência e o ajude, palavras podem sim reconfortar e quebrar o barreiras.

"Eu ajo com a timidez até ter a certeza que devo liberar todas as maravilhas que tenho dentro de mim."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo