27 de set de 2015

Amar, gostar, sentir falta.

Eu que não sei o que é o amor, mas vivo tentando transforma-lo em palavras.
Amo quem não me ama.
Gosto do que não deveria.
Sinto por quem não merece.
Mas não é por isso que deixo de sentir!

Mas qual a diferença dos três?
Quando gostamos, automaticamente amamos e sentimos falta. Não me venha com essa de que amor é algo que só sentimos uma vez ou outra, você pode conhecer alguém hoje e daqui uma semana estar amando e se sentindo amada, como você pode ficar meses com uma pessoa e sentir que não a ama.
Não importa o tempo, o que importa mesmo é o impacto que causam em você e o que você causa.

Amor, quem foi o que inventou?
Por onde começou?
Qual a sua história?
Afinal, o que são amores fracos?


Cada um ama da sua maneira, uns demonstram através de ciúmes, outros músicas, poesias. Cada um o sente da sua maneira, com a sua intensidade. Se foi mais ou menos, não importa, mas não é por isso que não foi amor. Não é porque acabou que foi fraco, que não aconteceu.


Por que sempre colocamos o primeiro amor como o mais impactante, o mais intenso?
Por que nos queremos acreditar que ele é o, "nunca vou esquecer o meu primeiro amor"?, claro que vai, foi importante? legal? OK, foi mesmo, mas só vai ser o mais intenso se você quiser, qual é, toda vez que você conhecer alguém você vai ficar comparando quais as qualidades que o outro tinha com quem você está? Isso é ridículo, e nos fazemos tanto isso o tempo todo. Se você ainda gosta da pessoa por qual motivo você a deixou de conquista-la e não estão mais juntos? Afinal, amar alguém não é fazer com que ela goste de você cada dia mais e você dela?

Porque meu ex era moreno e agora eu quero um loiro, quando isso começou a acontecer? É ridículo, meu ex tinha tal mania, que não me apareça outro com a mesma, ou, vou procurar uma menina que pareça com a garota que eu gosto para tentar esquece-la, oi?

E lá tem essa de prefiro tal tipo? Pare para reparar e me diga se você já namorou o "seu tipo". Quando gostamos de alguém e amamos, independente de ser correspondido ou não, sabia Martha Medeiros quando disse:
"Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, se veste bem e é fã de Marisa Monte. Isso são apenas referências. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca..."
E essa é a questão a amamos pelo que ela é e não porque ela gosta das mesmas coisas que nos.


Afinal, por que eu entrei nesse tema?
Pois achei que o filme "Simplesmente acontece" deveria ser aqueles filmes bem clichês de casais apaixonados que ficam o filme inteiro de mimi como geralmente são os filmes, mas decidi assisti-lo ontem a noite, e o que aconteceu? Chorei do começo ao final, ainda mais pois acontece tantas controvérsias conosco e com as pessoas que amamos e o filme mostra bastante isso, que por mais difícil que seja as vezes só precisamos deixar rolar.

Então, fica a minha indicação de filme pra hoje, essa semana ou para quando vocês tiverem um tempo para assistir:


Sinopse:
Os jovens britânicos Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro.


A história é incrível, e me fez refletir um pouco sobre o que é o amor de verdade. Assistam e depois venham me contar o que acharam.

11 comentários:

  1. Bonito o texto. Adoro a Martha Medeiros, ela sabe mesmo como se expressar através da escrita.
    Esse filme é lindo mesmo, a história é apaixonante, sempre recomendo para outras pessoas também.

    Beijos =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada :')
      Marta é uma escritora excepcional...
      Eu amei esse filme você não tem ideia, vou indicar por esses dias outro filme também que tipo é sem palavras hahaha
      Xoxo :*

      Excluir
  2. Muito lindo o texto! <3

    www.glamournordestino.com.br

    ResponderExcluir
  3. Fico muito feliz que gostou :') Obrigada.
    Xoxo :*

    ResponderExcluir
  4. Cara, acredita que quando eu assisti esse filme, eu fiquei SIMPLESMENTE apaixonada? Mas eu ri muito, pois eu achava que eu me dava mal na vida, mas a protagonista roubou meu posto kkkk.

    www.blogtodagarota.com

    ResponderExcluir
  5. Acredito porque eu fiquei assim também, hahahahaha!
    Eu chorei o filme todo exatamente por isso, da mega dó dos dois pois qualquer um que olha vê que eles são loucos um pelo outro, mas eles ficam com medo de "abrir" mão da amizade e de estarem viajando!
    Ela conseguiu roubar o posto de qualquer um, coitada!
    Xoxo :*

    ResponderExcluir
  6. Isso indica sim

    Beijos =)

    Nana


    http://leituraeconversas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do seu texto e também achei que ficou muito legal o jeito que você abordo o tema para depois indicar o filme.
    Já quanto ao filme, eu amei, muito divertido e muito fofo. Eu quero ver se eu pego algum dia para ler o livro.

    http://abobrinhacomchocolate.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro fazer essas coisas, é que eu geralmente costumo me envolver pra caramba com os personagens de livros, filmes principalmente se forem românticos assim, hahaha
      Muitíssimo obrigado alias por ter gostado, significa muito!
      Fico feliz que tenha gostado, caramba eu nem tinha me atentado que tem livro também, vou até pesquisar se vai rolar uma continuação, apesar de que acho que se tiver um segundo precisaria ser tão bom quanto e as vezes pode até estragar a historia =/
      Xoxo :*

      Excluir
  8. Este filme me fez repensar sobre '"o que é o amor". Parabéns pelo post, eu adorei!
    http://mais1ariana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, fico feliz que tenha gostado e sim, me fez pensar muito!
      Principalmente para não acontecer algo assim com a gente, gostar da pessoa e ficar com o medo e demorar uma vida pra ficar juntos, hahaha.
      Xoxo :*

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo