31 de out de 2015

Bullying

Eu vou começar hoje falando de um assunto bem sério.



Eu poderia muito bem começar abordando o quanto o agressor que pratica o bullying deveria parar e refletir sobre o quanto ele pode afetar a vida de uma pessoa, poderia direcionar este texto aos praticantes do ato, que se acham superiores de alguma forma a alguém e precisam sempre estar colocando a pessoa para baixo para se sentirem melhores, mas pensando um pouco sobre o assunto depois de pesquisar a fundo sobre o tema, refleti que as vezes a plateia que assiste o ato da agressão, consegue ser tão culpada quanto.

Analisa comigo, se não houvesse plateia qual o sentido de aparecer? Você pode até não dar risada, mas quando se cala e assiste sem fazer nada, isso só incentiva mais o praticante, é engraçado o quanto pelo menos uma vez na vida já presenciamos alguém sendo agredido verbalmente ou até mesmo fisicamente e preferimos ficar de fora, afinal o problema é dele e não meu, talvez nunca paramos pra pensar até o momento, que do mesmo jeito que não queremos que façam aquilo conosco não deveríamos admitir, assistir alguém sofrendo o bullying, e se fosse você na situação, com pessoas olhando, algumas rindo, outras cochichando, algumas apenas assistindo e não fazendo nada.

Saiba que você pode ajudar, bullying é considerado crime sim hoje em dia e deve ser denunciado, nunca faça com os outros o que você não gostaria que fizessem com você, temos a ilusória mania de achar que isso só acontece nos outros países, porem aqui no Brasil cada vez mais isso vem aumentando e não devemos simplesmente fechar os olhos e fingir que não é com a gente, pessoas comentem suicídios por não serem aceitos do jeito que são e isso é muito sério e que deve ser sim discutido na nossa sociedade.



Nisso eu me pergunto, qual o problema de ser você mesmo, o que se passa na cabeça de pessoas que sentem prazer em agredir o outro com palavras, ou fisicamente. Qual a dificuldade de aceitar o outro com seus gostos, manias, vestimentas, desde quando gostar de algo diferente do outro é motivo de zoação, deboche?! É uma vergonha para mim olhar em volta e observar que em pleno século XXI exista esse tipo de preconceito e descriminação sobre o outro, temos a seria mania de julgar os outros muitas vezes pelo que ele usa, assiste ou escuta, uma coisa é não gostar e respeitar outra coisa é quando se passa dos limites, na verdade parece que pessoas que praticam o ato do bullying em si na verdade não se aceitam e não estão bem com a suas escolhas, porem para provar pra si próprias que elas são superiores precisam praticar agressões na frente dos outros,  precisam mostrar que de alguma forma são mais fortes, agora para e pensa o diferente se unido pode formar uma receita de diversidades tão encantadora, porque ao invés de praticar por que não experimentar.

 Então se você sofre, se você vê alguém sendo agredido, se você pratica reflita sobre o quanto esse tipo de coisa pode afetar o outro, não seja egoísta, não seja igual aos outros, faça a diferença, mude suas atitudes, denuncie!



O motivo pelo qual eu abordei o tema aqui?

Eu entrei hoje neste assunto graças a minha faculdade USCS, que foi a motivadora desta campanha extraordinária contra o bullying, nesta última semana pela primeira vez ocorreu a feira de comunicação, a primeira de muitas que terão, que orgulho de poder ter feito parte disto, e bom por ser a primeira feira, os professores, a direção, todos se reunirão e criam 10 categorias, não era obrigatório porem todos de comunicação poderiam se inscrever, precisamos fazer vídeo, áudio, outdoor, matéria jornalística, ao todo eram dez categorias que poderíamos escolher qual ou quais participar e foi  quando nossa  professora Daniela abordou sobre o tema bullying e falou do concurso, logo pensei e falei para meu grupo que precisávamos participar...

E decidimos encarar com o vídeo de um minuto que coloquei logo no inicio aqui da publica, e o outdoor, o resultado de uma união incrível e dedicada o resultado nada mais foi do que o prêmio de primeiro lugar de ambas as categorias que estávamos concorrendo. E estou imensamente agradecida aos meus professores que sempre pedem para sugarmos tudo deles e é o que fazemos, as pessoas que acreditaram, e é claro que ao meu grupo e a nossa união, que sem ela nada séria possível. E bom agora sei como um ídolo meu se sente quando sobe ao palco para receber um prêmio, não existem palavras.

 Obs: Á partir de terça-feira nosso outdoor vai estar em três pontos diferentes de São Caetano do Sul/SP, então se você passar por lá e ver um da campanha com o apoio da universidade é o nosso. <3



8 comentários:

  1. Uauuuuuuuu Parabéns Gata!
    Escreve muito bem, e tratou do assunto de uma maneira bem direta e bem respeitosa.
    Excelente.
    Um beijo... www.segredosdaadri.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fico tão tão feliz quando leio que escrevo bem :') muitíssimo obrigada.
      Eu acho que esse tipo de assunto já passou da hora de ser discutido, temos a impressão de que só ocorre nos outros países, mas aqui também acontece e acontece também casos de suicídio devido a isso.
      Xoxo :*

      Excluir
  2. Isa, primeiramente eu gostaria de te parabenizar pelo prêmio. Você merece! Sou nova aqui no Blog e já posso dizer que você é talentosa. Escreve muito bem e abordou, nesse Post, o tema Bullying de uma forma diferente e única.
    Espero que muita gente possa chegar até esse Post.
    Sucesso! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada ainda nem acredito, foi tão importante para nos ainda mais saber que de alguma forma vamos contribuir com a divulgação do assunto pelos ruas, e espero que as pessoas vejam e falem sobre esse assunto porque realmente é algo que acaba com a vida da pessoa, bullying é algo muito sério.
      E espero lhe ver mais vezes por aqui, obrigada! ;)
      Xoxo :*

      Excluir
  3. Parabéns pelo prêmio! Você escreveu muito bem e abordou de forma bem direta. Só quem sofreu bullying sabe a dor que é e como é difícil ter que encarar o dia-a-dia.

    Beijos

    kledisse.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada de verdade, acho que é exatamente por este motivo que quando a professora abordou o tema para o concurso nos decidimos que precisávamos falar sobre e foi trocando experiencias vividas que nos incentivou mais ainda a fazer algo que transmitisse uma mensagem para quem faz a agressão e para quem sofre, e claro que eu precisava de qualquer forma, ganhando ou não vir aqui e falar sobre o assunto.
      Xoxo :*

      Excluir
  4. Bem uma vez falei sobre isso, é sim um assunto bem sério, eu já sofri quando tava fazendo um curso, posso dizer com certeza não é nada agradável, as pessoas deveriam começa a pensar sobre suas ações e nas quais pode causar nas outras pessoas.

    http://fofaporembirrenta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é tipo de assunto que as pessoas só param para pensar quando acontecem com elas, infelizmente. É tão raro ver pessoas pensando e se colocando no lugar do outro!
      Xoxo :*

      Excluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo