2 de abr de 2016

É bom, ser diferente.

(Você pode ler o texto, ao som de Maria Gadú - Quase sem querer.)


Nesses últimos dias estou lendo um daqueles romances bem clichês, e percebi que sou feita de clichês. Uma amiga minha sempre diz que adoro fazer citações. Por exemplo: Estou em semana de provas na faculdade e esses dias eu soltei assim, que quando estou em dúvida entre duas respostas, sempre lembro da frase do Johnny Depp, "Se você acha que ama duas pessoas ao mesmo tempo, escolha a segunda. Porque se você realmente amasse a primeira, não teria uma segunda opção.
Mas, claro no caso não são pessoas e sim, a escolha da questão.

A verdade é que, cada um acha uma forma de se comunicar, e como eu leio muito, acabo decorando frases, e contextos que encontro nas leituras, me identifico e guardo aquilo, pois quando eu estiver com alguma dúvida ou passando por algo ruim, vira um ponto e penso: Hum, é verdade.


A uns meses atrás, estava passando por uma fase difícil, onde todo mundo parecia chato demais, me comunicar estava impossível, quando mais eu precisava que alguém me entendesse, menos eu era entendida, então comecei a me afastar pensando que as pessoas deveriam se tocar e vir atrás de mim. Mas, então percebi que da mesma forma que eu gostaria que as pessoas viessem atrás, eu tinha que ir atrás delas.

Devido a isso, dei grandes passos esses últimos tempos, percebendo que eu não sou igual a você, e você não é igual a mim, como você também não é igual a sua amiga, e como a sua amiga não é igual a colega de trabalho dela, e se todos somos diferentes, porque as pessoas ainda insistem em impor um mesmo padrão?
Por exemplo:
Eu adoro roupa social, acho muito legal quem não tem piercing,  que nunca usou química, ou tingiu o cabelo. Mas, sou totalmente diferente, eu tenho piercings, tenho tatuagem, e cada mês o meu cabelo está de uma cor diferente.

Então, eu termino com a questão. Se eu aprendi a aceitar as pessoas do jeito que são, totalmente diferentes de mim, e do que eu gosto. Porque, elas não podem me aceitar do jeito que eu sou? Totalmente diferente delas? Afinal, o legal não é essa diversidade, estampada na nossa sociedade, de valores, opiniões, conceitos, preceitos e estilo diferentes?!

10 comentários:

  1. Belo texto <3
    http://lorennacostablog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Realmente. Acho ridículo as pessoas julgarem as outras por serem diferentes. Eu também leio muito e acabo trazendo situações literárias para a vida real. Acho que isso pode ser bom e ruim!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sofro com isso as vezes, então como aconteceu algo recentemente a melhor forma de me expressar é escrevendo e também mostrar que o bom da vida, é ser diferente. Bom, eu concordo que as vezes não é tem bom assim.
      Xoxo :*

      Excluir
  3. Ai para de falar de mim! hahahhah

    Se eu fosse definir você um dia, eu definiria como um monte de citações. SÉRIO. Não tem nada no mundo que seja tão você, do que trechos retirados de algum lugar que talvez você nem saiba mais de onde é! :)

    Adoro isso em você, pra falar a verdade. É até poético! <3
    Mas seu texto me lembrou um vídeo, vou deixar o link aqui pra você ver tá bom? <3 (https://www.youtube.com/watch?v=02onK4ofB9A)

    Só acho que trocamos de lugar, e sou eu quem ando me afastando e sem conseguir lidar com gente. Mas tudo bem, superaremos! :3

    http://seismilmilhas.com ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que amor você <3 Pelo menos você sempre vai lembrar de mim quando alguém soltar uma citação, principalmente uma bem clichê você vai lembrar de mim, hahahaha.
      Epa, vídeo vou assistir sim, ainda mais porque eu gosto do youtuber <3
      É só uma fase, acho que em algum momento do ano todos passamos por ela, logo passa ;)
      Xoxo :*

      Excluir
  4. hahaha sou bem diferente porque apesar de ler muito, tenho uma memória péssima, não consigo guardar nada, então nunca sai essas frases prontas. :P

    Adorei o texto, me prendeu!

    Beijos, Thay.
    http://www.leitoranamoda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devo confessar que a minha memória provavelmente é bem pior que a sua, porem não quando se trata de livros, hahaha e ainda mais quando alguma frase me faz ficar pensando em algo horas sobre o assunto, hahaha!
      Fico muito contente que tenha gostado, muito obrigada!
      Xoxo :*

      Excluir
  5. Muito bom o texto, ótima reflexão!!!
    Beijos

    www.rabiscando.com.br

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo