4 de set de 2016

Bienal SP - Poder extra G.



Na última sexta-feira(2) consegui finalmente arranjar um tempo para ir na bienal, infelizmente este ano consegui ir apenas um dia, já que devido a faculdade foi um pouco corrido. 
A feira estava incrível como sempre, consegui entrar com credencial de blogueira graças ao blog aqui, o que me deixou muito feliz e empolgada, cheguei lá por volta das 16h00 e fiquei até umas 20h00. Tinha bastante promoção legais e livros á partir de R$ 5,00.
Foram muitos os lançamentos incríveis eu vi por lá, sei que esteve presente autores, palestrantes muito bons que deixaram suas marcas por lá esse ano.


Depois de dar algumas voltas, avistei o auditório da todateen. fui olhar para ver as palestras que estavam acontecendo para poder assistir, uma moça super simpática informou que quatro autoras estariam fazendo um bate-papo bem bacana sobre feminismo, englobando vários assuntos sobre mulher, decidi então ficar para assistir. Logo em seguida foi finalizada a palestra que estava ocorrendo e entraram no auditório, Larissa Siriani, Mila Wander, Janaina Rico e Thati Machado.



Elas começam a abordar sobre a ideia de criar o grupo, poder extra G.
A intenção delas é abordar sobre a gordofobia que existe muito presente na sociedade e sobre ser gorda(o) e como não tem nada errado em estar acima do peso se a sua saúde esta bem. A intenção delas é passar para milhares de meninas(os), mulheres e homens que são acima do peso que não tem nada de errado em ser gorda(o), que assim como existe pessoas altas, baixas, moreno, loiro, existe também gordo e magro e que isso não define quem você é não define o seu caráter.
Quem assim como eu, já passou por situações constrangedoras por estar acima do peso sabe o quanto muitas vezes o sentimento de rejeição, vergonha pode dominar, e o quanto isso afeta o emocional de alguém. 

Elas abordaram assuntos muito legais, como a relação com a família que muitas vezes faz uma pressão sobre o nosso corpo que acaba passando dos limites e atinge de uma forma muito negativa. Até mesmo porque tudo bem familiares se preocuparem com as nossas saúdes, mas que gordo nunca escutou, "como você vai arranjar um namorado(a) assim?", "nossa, você tem um rosto tão bonito.", "eu só falo isso porque eu te amo e quero o seu bem", ou já foi zoado na escola, quando vai num restaurante, afinal tudo bem para as pessoas o seu amigo(a) magro pegar uma montanha de comida, agora você não porque você está acima do peso, mas pera lá vamos com calma. 

A Thati que é a autora do livro, poder extra G, comentou que ela tem um sério problema que eu não me recordo agora qual é porem, devido a isso ela tem que ter uma alimentação mais saudável,  e ela demorou anos para descobrir o que ela tinha já que todas as vezes que ela ia no médico ele só sabia olhar para ela e dizer, "você precisa emagrecer", até que um dia ela se irritou e pediu para fazer um exame e pararem de ver o físico dela e descobrirem o que tem dentro. A questão é até quando pessoas gordas vão ter que escutar piadas de mal gosto? vão ter que se sentir mal por quererem usar a roupa que quiser sem precisar escutar que esse tipo de roupa não é pra gente gorda.

A Larissa e a Thati estavam lindíssimas usando um cropped e elas se amam do jeito que são, e até comentaram o quanto elas demoraram para ter a coragem de usa-ló e ficavam com a paranoia de achar que as pessoas estavam olhando e achando ridículo, até que elas perceberam que sim existe a gordofobia mas, que muitas vezes a gente acaba colocando essas coisas na cabeça e que agora que  elas usam mesmo, a Thati até comentou, "quando eu vejo alguém olhando pra mim eu penso que eu devo estar é muito gostosa". 

Eu simplesmente amei a palestra, já que eu acabei me identificando muito em muitas coisas já que eu sei que eu nunca vou ser magra, e que isso na verdade é só uma coisa que a sociedade com muitos tipos de preconceitos impõe uma padrão que não existe, afinal cada um tem suas curvas, suas características, e que o importante é amarmos as pessoas pelo que são por dentro, cada um é lindo(a) do jeito que é então se você ama alguém se importe com o interno e não com o externo.

Se a sua saúde está em dia, se você vai sempre ao médico, se você tem uma alimentação balanceada, é o que importa não é mesmo?! Sim, é o que importa.
Encontrei o canal do youtube da Thati Machado e estou adorando os vídeos dela, confere lá para saber mais novidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo