29 de mai de 2017

Resenha: Ed Sheeran em São Paulo

(Foto: Celso Tavares/G1)

Após dois anos desde a última vez que Ed Sheeran esteve em solo Brasileiro, o cantor Britânico voltou mais uma vez para o país com a sua turnê Divide, porem desta vez não foi apenas Rio de Janeiro e São Paulo que esta podendo fazer parte da lista de cidades. Ed tocou em Curitiba no dia 23/05, no Rio (25), passou por SP ontem (28) e encerra aqui no Brasil seus shows em Belo Horizonte amanhã (30), se você quiser conferir ainda tem ingressos disponíveis e você pode adquirir clicando aqui.


Eu como grande fã das suas músicas e do artista que é não pude deixar de conferir, os ingressos pista premium e cadeira esgotaram rapidamente, no dia ainda tinha pista e cadeira nível 1 para comprar, entretanto todas as meias entradas já estavam esgotadas, tornando o espaço lotado.

A abertura deu inicio às 19h00 com o cantor Antonio Lulic que fez uma apresentação de aproximadamente 40 minutos. Quando foi 20h00 em ponto, mesmo - acho que nunca havia ido num show tão pontual -, Ed entrou no palco dando os primeiros acordes com a música, Castle On The Hill, fazendo todo mundo cantar cada parte da música. Foram um total de dezenove canções, que incluirão não apenas músicas do seu mais recente album como "Dive", "Happier", "Galway girl", "perfect" e "shape of you", mas também hits dos seus outros sucessos "The A Team", "Don't", "Give me love", "photograph" e "thinking out loud".

(Foto: Celso Tavares/G1)

Era nítida a felicidade de Sheeran vendo o estádio Allianz Parque lotado, não havia mais espaço algum e a quantidade chegou a 40 mil pessoas presentes para assistir ao concerto, o cantor comentou o quanto era algo inacreditável estar tão longe de casa e atingindo a um público tão grande presente para escutar e cantar junto seus maiores sucessos. Interagindo a todo momento com o público e demonstrando o quanto ama o Brasil, trocando sua camiseta antes de tocar shape of you por uma blusa da seleção Brasileira.

Ed toca sozinho no palco e é acompanhado pelo seu violão e pela tecnologia digital com que faz o seu show ficar ainda melhor com efeitos gravados na hora enquanto toca. O Layout do palco estava incrível com telões enormes. Ele finalizou ao som de "you need me, I don't need you", deixando todos com um gostinho de quero mais. Agora é esperar seu próximo disco para assim ele sair novamente em turnê e passar por aqui. E a gente só espera que não demore mais do que dois anos, pois a saudade já começou a apertar.

 (Staff Images/Divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo