Resenha: Gente que Vai e Volta



Sinopse:


Após ser traída pelo namorado, a arquiteta Bea volta a morar com sua excêntrica família para tentar reavaliar a sua vida. Baseado no romance homônimo.

Roteiro: Carlos Montero, Darío Madrona
Direção: Patricia Font
Gênero: Comédia
País de Origem: Espanha
Elenco: Clara Lago, Carmen Maura, Alexandra Jiménez, Paula Malia, Álex García, Carlos Cuevas, Eduardo Ferrés, Fernando Guallar, Ferran Vilajosana, Núria Gago, Marta Belmonte, Sergio Dorado, Joaquín Gómez, León Martínez, Eva Ugarte, Lluís Altés


Sobre:


O filme conta a história de Bea (Clara Lago) que desde criança sonhava ser arquiteta e ir morar na cidade grande. Aparentemente tudo caminhava da melhor forma possível, tinha o emprego dos sonhos, bons amigos, um incrível namorado e quando estava prestes a ter seu projeto aprovado pela empresa, acontece um imprevisto, seu namorado Victor (Fernando Guallar) a trai com uma famosa jornalista e estampa todos os noticiários. 

Bea resolve dar um tempo no relacionamento e passar uns dias em sua cidade natal ao lado das irmãs e da mãe para tentar se reencontrar e pensar na possibilidade de perdoar o então ex namorado, porém tudo indica que ele já superou Bea e engatou um novo romance com a jornalista.

Arrasada com toda situação a protagonista decide engatar um novo projeto de arquitetura na cidade e conhece Diego (Álex García) a partir daí sua história começa a tomar outros rumos.

O que achei:


A história é bem clichê e previsível, mas bem divertida e nada cansativa. A narrativa te prende do inicio ao fim, se assim como eu, você curte uma comedia romântica com um toque de drama, com certeza vai se encantar com todos os personagens. 


You May Also Like

0 Comments