Resenha: Cinderela e os Quatros Cavalheiros

By Isabela Mingues - abril 16, 2020


Sinopse: 

A estudante do ensino médio Ha-won (Park So Dam) dá duro em seus empregos, mas é maltratada por sua família adotiva. Impressionada com sua força, Hyun-min (Ahn Jae Hyun). faz uma oferta de trabalho.

Título: Cinderela e os Quatro Cavalheiros
Episódios: 16
Ano: 2016
Gênero: Comédia, Drama, Romance
País: Coreia do Sul


Sobre: 

O dorama é baseado no livro “Cinderellawa Nemyungui Kisa” de Baek Myo, lançado em 2011. Está disponível na Netflix desde fevereiro/2020 e relata sobre a personagem Eun Ha Won (Park So Dam) que sonha em entrar na Universidade e se tornar professora, porém ela enfrenta grandes dificuldades com sua atual família. Ha Won perdeu a mãe em um incêndio quando mais nova e seu pai decidiu refazer a vida com outra mulher, entretanto seu pai está sempre viajando e quase não para em casa, sua madrasta e meia-irmã fazem de tudo para colocá-la pra baixo, além de ter que fazer todo serviço doméstico e trabalhar se quiser alcançar seu objetivo de ingressar na Universidade.

Certo dia ela conhece Kim Yong-gun, um senhor bilionário que lhe oferece uma proposta para trabalhar e cuidar dos seus três netos, herdeiros da fortuna da família Kang: Kang Ji Woon (Jung Il Woo), solteiro rebelde e solitário, Hyun Min (Ahn Jae Hyun), o playboy que vive por e ama dinheiro e Kang Seo Woo (Lee Jung Shin), o famoso e cantor. Eun Ha acaba expulsa saindo de casa e por conta disso aceita o emprego e se muda para a mansão dos bilionários.

O que ela não espera é que se envolverá com todos os irmãos de distintas formas, além de uni-los, já que possuem diversas divergências e não se dão nada bem, entretanto enfrentará diversas situações complicadas, engraçadas e românticas, pois um dos acordos era não se envolver de nenhuma maneira pessoal com os herdeiros.


O que achei:

A história é bem clichê, com referência da clássica história de Cinderela, com direito a madrasta e meia-irmã chatas, que fazem do tudo para tornar a vida da personagem o mais insuportável possível, além do romance durante a trama, só que ao invés do príncipe, é pelo menino rico. 

O dorama é divertido e muito gostoso de assistir, são apenas 16 episódios, acredito que finalizei em duas semanas, sou suspeita para falar pois cada história que assisto, me surpreendo mais com a criatividade e histórias, mesmo com referências, as situações que envolvem a trama são bem divergentes, além de ter me encantar por todas as personagens, cada uma com sua particularidade e personalidade.

Se você gosta de uma comedia romântica, fica a dica desta semana!



  • Share:

You Might Also Like

0 comentários